Topo

Artigos

Vercil Rodrigues

Sobre o autor:

Vercil Rodrigues

Advogado. Graduado em História (Licenciatura); Graduado em Ciências Jurídicas (Bacharel); Pós-Graduado (Especialização) em História Regional; Pós-Graduado (Especialização) em Gestão Escolar; Pós-Graduado (Especialização) em Docência do Ensino Superior; Membro do Instituto Histórico e Geográfico de Ilhéus; Membro-fundador e Vice-Presidente da Academia Grapiúna de Letras (AGRAL); Membro-Idealizador e Vice-Presidente da Academia de Letras Jurídicas do Sul da Bahia (ALJUSBA); Membro da Academia de Letras de Ilhéus (ALI); autor dos livros Breves Análises Jurídicas e Análises Cotidianas (Direitos Editora) e Diretor-fundador do jornal, revista, site e editora de livros DIREITOS (www.jornaldireitos.com.br). Itabuna – Bahia.


E-Mail: vercil@jornaldireitos.com.br

Financiamento imobiliário: Tabela Price ou Sac?

As duas formas mais comuns de se pagar o valor tomado de empréstimos (amortização) em um contrato imobiliário são conhecidas como Tabela Price e Sistema de Amortização Constante (SAC). Basicamente, de acordo com os especialistas o SAC possui prestação mensal cujo valor decresce durante todo o período do contrato, enquanto a Tabela Price é um sistema no qual as parcelas do financiamento são sempre iguais e não há reajustes do saldo devedor nem do valor da prestação. Ainda de acordo com os especialistas na área, na primeira modalidade o valor da prestação mensal é composto por uma parcela de amortização de capital constante acrescida dos encargos (taxas de juros), enquanto na outra, as prestações são constituídas de parcela de amortização (capital) e outra de juros de financiamentos reconhecido pelo Sistema Financeiro da Habitação.

No SAC os valores referentes aos juros do financiamento são obtidos a partir da aplicação de uma taxa de juros sobre o saldo. Neste sistema, uma vez que o saldo devedor reduz, os juros também decrescem, acompanhando essa redução. Na Price, as prestações são compostas de uma parcela de amortização e outra de juros. As duas opções devem ser apresentadas ao cliente no momento da solicitação de crédito – na simulação online do financiamento feito feita no site da instituição, o internauta deve escolher entre uma e outra, sendo que o SAC representa até 95% do total de contratações. Apesar de começar com uma prestação entre 20% a 25% mais cara que a tabela Price (contrato com período máximo de 240 meses), no SAC (até 420 meses, ou 35 anos), além de a s parcelas irem decrescendo, pagamse menos juros nessa modalidade. Se a pessoa consegue hoje pagar a prestação, que não pode comprometer mais que 30% de sua renda, daqui a 10 ou 15 anos, ela vai ter muito mais tranquilidade para arcar com a despesa, pois ela vai diminuindo. Desde que não se perca a condição (pagamento).

Na avaliação do professor e consultor de finanças pessoais Ângelo Guerreiro Costa, “o Sistema de Amortização Constante é a opção mais vantajosa entre as duas formas mais comuns de amortização de financiamento imobiliário por dois motivos: primeiro é que no SAC as prestações são decrescentes e, com o passar do tempo, a tendência é que o cidadão prospere e tenha ganho salarial. Além de seguir estudando, se qualificando, prosperando. Ou seja, acréscimo salarial mais parcela decrescente fantástico”, afirma. O segundo motivo, na opinião de Costa, é que, no final do período (do contrato), o desembolso total, a soma de todas as parcelas será menor. O risco da modalidade SAC é a Taxa Referencial (TR) utilizada como indenizador (na correção) do saldo devedor e, logo, nas parcelas. Historicamente, a TR é muito baixa, algo em torno de 1% ao ano. Mas ela pode subir. E quando a Tabela Price é atrativa? Quando se tem uma estabilidade econômica muito grande, se tem a certeza que a renda, com o passar dos anos, não vai variar. Pelo contrário, a tendência vai ser ganhar mais. Ou seja, se tem previsibilidade de renda, a Tabela Price pode ser mais interessante. Ao contrário de profissionais liberais e autônomos, que podem sofre algum revés, como um acidente, ou mesmo empregado de empresa privada, já que não possui a garantia de estabilidade.

© 2017 - Jornal Direitos - Todos os direitos reservados
By inforsis and CL