Topo

Entrevistas

Entrevista com o Advogado, Professor e Coordenador do Curso de Direito da Faculdade Madre Thais Josevandro Raymundo Ferreira Nascimento.

DIREITOS – Professor, Como está o curso de Direito da Faculdade Madre Thais?
Josevandro Nascimento - Muito bem, graças a Deus. Estamos caminhando para o 6º semestre, numa demonstração de que o curso vem cumprindo o seu objetivo, na formação jurídica dos futuros Bacharéis em Direito. Desde o primeiro ano que os alunos já participam de cursos, seminários, palestras internas, visando a consolidação e o aprimoramento do conhecimento jurídico. A nossa meta é formar Advogados para um novo tempo.

DIREITOS - Professor, qual o diferencial do curso de Direito da Madre Thais, para outros cursos de Direito?
JN – Por ser o professor da cadeira de Introdução ao Estudo do Direito, conheço de perto o perfil de cada aluno, o que muito contribui como termômetro para a exigência aos meus docentes, no rigoroso cumprimento das ementas do curso, além da fiscalização com moderação, é claro, da caminhada de cada professor nas suas respectivas disciplinas. Sei quais os alunos aprovados e reprovados em cada disciplina do semestre, o que vai nos ajudando ao controle estatístico dos índices de valorização do curso. Estamos criando um grupo de liderança acadêmica, onde cada sala terá o seu representante como elo de ligação entre a turma e a coordenação, facilitando o entendimento e a solução dos problemas surgidos no dia a dia, além da comunicação mais prática e eficiente. Aqui o coordenador é visto, anda pelos corredores, conversa com os alunos e professores, não se tranca em gabinete, vive o dia a dia do curso. A Faculdade Madre Thais já se diferencia de outras, pela autonomia dos seus coordenadores, na condução dos cursos, graças a visão moderna e empreendedora da sua Direção.

DIREITOS – Quais os investimentos que a Faculdade vem fazendo para consolidar este diferencial?
JN – A Direção e a mantenedora, através do Drs. Eusinio e Isidoro Lavigne Gesteira investem com os olhos para o futuro. A Faculdade já conta com 09 cursos instalados, na expectativa de criação de mais dois, já solicitados ao MEC, numa clara e inequívoca demonstração de que enxergam de maneira avançada, acreditando no grande legado para o desenvolvimento da região. Acabamos de inaugurar a Biblioteca Eulina Maria Lavigne Gesteira, numa justa homenagem a irmã dos dirigentes, um espaço tecnologicamente equipado, com um acervo bibliográfico capaz de servir com eficiência ao estudante, no campo do conhecimento e da pesquisa, o auditório Cid Gesteira foi deslocado para o andar térreo, com capacidade para 300 estudantes confortavelmente bem instalados, os gabinetes dos coordenadores foram totalmente reestruturados, além da Secretaria acadêmica e setor financeiro. Logo estaremos anunciando a instalação do Balcão de Justiça e Cidadania, em convênio com o Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, que será um laboratório prático para a atuação dos nossos acadêmicos de Direito, servindo como base do Núcleo de Prática Jurídica (NUPRAJ), que discutindo com a direção, vamos homenagear o grande Mestre do Direito Penal, Prof. Francolino Neto.

DIREITOS – No ano passado, o senhor realizou a I Semana Jurídica com sucesso absoluto, trazendo grandes juristas da Bahia e de outros Estados. Este ano pretende repetir o evento?
JN – Perfeitamente, já estamos discutindo com os professores a programação da II Semana Jurídica, que será realizada no período de 3 a 5 de setembro, coincidindo com os festejos dos 10 anos de fundação da Faculdade. A sessão solene de instalação será no dia 3, no Centro de Convenções Luiz Eduardo Magalhães, com a palestra já confirmada do eminente tributarista prof. Edvaldo Brito. Mais uma vez vamos trazer nomes de peso do mundo jurídico, inclusive, com, lançamento do livro Manual de Direito Penal, do Prof. Dr. Yuri Carneiro, sem deixar de valorizar nomes regionais de igual importância para o enriquecimento cultural dos nossos estudantes.

DIREITOS – Perspectivas para o futuro.
JN – Avançar sempre, acreditando que estamos no caminho certo, pela credibilidade que o curso vem despertando. Agora vamos partir para a pós-graduação, no sentido de aprimoramento dos conhecimentos jurídicos de graduados, como mais uma etapa da nossa missão.

DIREITOS – Uma mensagem final, Mestre.
JN – Crença no futuro com muita esperança em nossa juventude acadêmica, para coroar o esforço e a determinação dos nossos propósitos.

Muito Obrigado.

© 2017 - Jornal Direitos - Todos os direitos reservados
By inforsis and CL