Topo

Entrevistas

Entrevista com Cléber Moreira Lima, Venerável Mestre da Loja Maçônica Areópago Itabunense

O entrevistado desta edição do Jornal DIREITOS é o Venerável Mestre da Augusta e Respeitável Loja Maçônica Areópago Itabunense, praticante do Rito Escocês Antigo e Aceito, filiada à Grande Loja do Estado da Bahia, Cléber Moreira Lima, que foi empossado no último dia 15 de Julho, pelo grão-mestre da GLEB, Itamar Assis Santos.



DIREITOS - Venerável Mestre, de quem foi a feliz ideia de fazer com que fosse pública e conjunta, a posse dos três Veneráveis Mestres das Lojas Simbólicas Areópago Itabunense, Acácia Grapiúna e 28 de Julho?

Cléber Moreira Lima - As boas idéias não têm dono, estamos felizes com a realização deste evento, iniciamos um processo de quebrar paradigmas, a Maçonaria há muito tempo deixou de ser secreta, passou a ser discreta, mostramos que somos unidos e o resultado será fortalecimento do edifício social.

DIREITOS - Venerável Mestre, todos sabemos que a Loja Maçônica Acácia Grapiúna, criada recentemente, tem como membros Maçons da Loja Maçônica Areópago Itabunense, mas vem se reunindo na Loja Maçônica Acácia Sul, em Itajuipe. Muito embora a distância de Itabuna para Itajuipe seja pequena, acredito que seja um sacrifício a mais para os que tenham que se deslocar para as reuniões daquela Loja, ainda assim à noite, e pela BR 101. Há possibilidade de a Loja Acácia Grapiúna vir a realizar suas sessões no Templo da Areópago Itabunense?

CML - Claro, a Maçonaria nos ensina a praticar os ensinamentos bíblicos; “Oh! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união”.

DIREITOS - Sabemos que a Loja Maçônica Areópago Itabunense abriga duas importantes juvenis instituições paramaçônicas, de amplitude internacional, que são o Capítulo Itabuuna da Ordem Demolay e o Betel das Filhas de Jô, que tem muita disciplina, ritualista e hierarquia, e muito tem contribuído para a formação moral e cívica e parentas de maçons, existe a instituição paramaçônica, também de nível internacional, denominada Estrela do Oriente. É possível que a Areópago Itabunense crie em Itabuna e abrigue o capítulo Estrela do Oriente?

CML – Tudo tem seu tempo, o crescimento filosófico, intelectual e espiritual há todo momento, temos que crescer em qualidade e a Estrela do Oriente faz parte deste processo.

DIREITOS - Sabemos que o Clube da Fraternidade da Loja Maçônica Areópago Itabunense realiza um excelente trabalho em benefício de nossa comunidade e que congrega as esposas e viúvas de maçons, bem como que, sob a nova Presidência da Senhora Rejane Bussolar, que agora passará
o malhete para a sua digníssima esposa Noedina Gomes Moreira, elevou e deu enorme destaque a este Clube da fraternidade. Este Clube da Fraternidade poderia ser transformado no Capítulo Estrela do Oriente?


CML – O Clube da Fraternidade tem contribuído muito para o engrandecimento da Maçonaria na nossa cidade realizando um trabalho magnífico junto aos nossos irmãos que se encontra em vulnerabilidade social, nossa administração tem por objetivo crescer sem fragmentar.

DIREITOS - Venerável Mestre, sabemos que a Areópago Itabunense possui um grande terreno, devidamente murado, situado do lado direito do antigo Clube do Cavalo, à margem direita da BR – 415, trecho Itabuna-Ibicaraí. Quais os seus planos para a utilização daquele terreno?

CML - Construção, a palavra dá uma noção de processo, de algo que acontece ao longo do tempo, essa palavra é usada para muitas outras coisas, como relacionamento, família etc., para nós Maçons esta palavra é a realização de um sonho que se transforma em realidade.

“Um sonho que se sonha só, é só um sonho que se sonha só, mas sonho que se sonha junto é realidade” Raul Seixas.

DIREITOS – Sabemos que, para a sua escolha, bem como para a dos outros Veneráveis eleitos que hoje serão empossados, não houve bate-chapa, todos foram candidatos únicos, o que denota uma saudável convivência de todos os maçons itabunenses. Na Loja Maçônica Areópago Itabunense hoje é fácil manter esse estado de não disputa do cargo de Venerável por seus Mestres?

CML - A nossa Loja vive um processo perene de evolução, maturidade e renovação muito salutar, tudo isso tem facilitado os processos sucessórios convergindo para candidatura única. Que o Grande Arquiteto do Universo nos abençoe para continuamos neste diapasão.

DIREITOS – O que é necessário para ser Maçon?

CML - Ter conduta ilibada, ser livre e de bons costumes.

© 2017 - Jornal Direitos - Todos os direitos reservados
By inforsis and CL